Afinal, como é morar em Jacarta?

Jacarta é a capital da Indonésia e a cidade mais populosa do país, onde vivem aproximadamente 10 milhões de pessoas. Essa metrópole é o centro político, econômico e cultural da nação desde a sua fundação, no século 17. O local é considerado um caldeirão de culturas, onde as tradições de muitas nações (europeias, chinesas, árabes, etc.) se encontram com os diversos grupos étnicos indonésios (dentre eles os javaneses e sundaneses).

Quando se fala em Jacarta, muitas pessoas não sabem a localização da cidade, muito menos pensam em viver na capital da Indonésia. Mas na real, como é morar em Jacarta?

Jacarta-Indonesia.jpg

 

Você vê a vida passar pela janela do carro ou em uma moto

A falta de calçada nas ruas é considerada um choque para os que chegam em Jacarta, e andar para ir a algum lugar é visto como um desafio. Mesmo quando há calçadas, elas terminam em determinado ponto no meio do caminho, e tem grandes rachaduras ou buracos. Enfim, tirando determinados pontos da cidade (como o Centro e a região empresarial SCBD ), Jacarta não é uma cidade amigável para caminhar. Transporte público também não atende à necessidade da população - o sistema público de ônibus cobre poucos corredores e o metrô ainda está sendo construído (a obra está atrasada).

E já que Jacarta não é um lugar com calçadas e tem pouco transporte público disponível, morando na cidade você deixará de caminhar e passará a utilizar, basicamente, apenas carros e motos para se locomover.

 

Você passa algumas horas preso no trânsito

Com o excesso de carros e motos nas ruas, muitas vias de mão única e avenidas principais com obras, o trânsito em Jacarta é considerado um dos mais caóticos do mundo. Se tiver um compromisso há 10 quilômetros de distância, você vai precisar sair de casa com 40 minutos de antecedência, pelo menos (e ainda existe uma boa chance de chegar atrasado!).

Jacarta-Indonesia.jpg

 

Você precisa conviver com a poluição

Os índices de qualidade do ar na cidade variam entre moderado e pouco saudável, com poucos dias considerados bons. Isso pode estar atrelado não somente à quantidade de veículos nas ruas, mas também às usinas termelétricas a carvão na região. A consequência para quem mora em Jacarta não é apenas o céu cinza (principalmente nos horários de pico, quando a população está se deslocando de/para o trabalho), mas também possíveis problemas respiratórios causados pela poluição.

 

Você vai a shoppings regularmente

Existem 170 shoppings em Jacarta e você vai visitar algum deles rotineiramente, pode ter certeza. A escassez de calçadas e o excesso de trânsito fizeram os estabelecimentos se agruparem dentro deles - academias, supermercados, restaurantes, lojas de roupa, etc., tudo você encontra lá. Se antes você tentava fugir, ao morar em Jacarta você passará a frequentá-los.

Jacarta-Indonesia.jpg

Você precisa lidar com a umidade

Tudo bem que a umidade não impacta a vida de todo mundo, mas só quem já viu o episódio de Friends que a Mônica vai a Barbados consegue entender o problema que ela pode causar.

A umidade média em Jacarta é de 80%, a mesma média do Rio de Janeiro e de São Paulo. Mas esses dois destinos brasileiros têm estações do ano com temperaturas mais amenas, enquanto em Jacarta os termômetros estão sempre próximos dos 30 °C. A alta umidade dificulta a evaporação do suor e, sendo assim, é mais difícil para o corpo eliminar o calor. Ou seja, ao morar na cidade, você estará quente o ano inteiro.

 

Você frequenta coffee shops

Coffee-shop-Jacarta.jpg

É incrível a quantidade de coffee shops que existem em Jacarta. Eles são o ponto de encontro de grupos, um refúgio para fugir de casa e a extensão do escritório (ou o escritório propriamente dito) para algumas pessoas, já que é possível ver muitos com seus laptops trabalhando em algo.

Na cidade você encontrará cafés com diferentes vibes, alguns focados em te dar o clique perfeito para as redes sociais, outros que transformam café em arte através dos seus baristas, e ainda menu de diferentes partes do país. Ao morar em Jacarta, você passará a frequentá-los constantemente.

  

Você está perto de outros destinos asiáticos

Sem dúvidas, o ponto alto de estar aqui é não precisar enfrentar mais de 20 horas de viagem para chegar até a Ásia. São duas horas de voo até Singapura e 4 horas até Bangkok, então o sonho asiático nunca esteve tão perto. E considerando que a Indonésia tem quase a mesma quantidade de feriados públicos que o Brasil, fica mais fácil riscar aqueles destinos que estavam há séculos na bucket list.

 

Ei, você gostou de saber como é morar em Jacarta? Então deixe a sua opinião aqui nos comentários.