O que você irá encontrar no Sri Lanka, um guia para iniciantes

* This post is available in English.

Galle_Fort_Sri_Lanka.jpg

Uma ilhota no Oceano Índico um pouco maior que o estado da Paraíba, o Sri Lanka abriga diferentes culturas, línguas e etnias. Há muito o que ser visto no país, que tem atraído cada vez mais visitantes interessados na diversidade de sua vida selvagem, em suas plantações de chá e no seu extenso litoral, que permanece relativamente intocado pelo homem.

O Sri Lanka expõe uma beleza bruta e uma história turbulenta bem recente. Declarou a independência dos britânicos em 1948 e passou por uma guerra civil que durou quase 30 anos e só terminou em 2009. Durante esse período, em 2004, a ilha foi atingida por um tsunami que resultou em milhares de perdas.

Agora o país segue em direção à paz e à prosperidade, com o turismo crescendo cada vez mais. Em 2009, no fim da guerra civil, o Sri Lanka recebeu menos de 500 mil turistas, e atualmente recebe mais de 2 milhões por ano. Se você quer fazer parte desse número, aqui vai um apanhado do que você irá encontrar no país.

 

Conhecendo a herança colonial de Galle

A cidade histórica de Galle está localizada no sul do Sri Lanka e é Patrimônio Mundial da Unesco. O lugar ostenta uma viva herança colonial, que inclui o Forte de Galle -  ele foi construído pelos portugueses em 1589, e a melhor forma de conhecê-lo é andando e se perdendo pelas suas ruas, visitando os seus inúmeros cafés, restaurantes, lojas e galerias.

Após vagar pelas ruas do forte, ver um deslumbrante pôr do sol da muralha é uma ótima forma de terminar o dia.

 

Incontáveis palmeiras no litoral sul

Na costa sul, você encontrará algumas das praias selvagens do país. Essa região foi seriamente atingida pelo tsunami em 2004, mas pouca evidência do impacto deste evento ainda existe (um sinal da recuperação do país).

Unanwatuna_Beach_Sri_Lanka.jpg
MIrissa_Beach_Sri_Lanka.jpg

Unawatuna e Mirissa são duas praias deslumbrantes, com uma beleza bruta e repletas de palmeiras, algumas cheias de king coconut, um tipo de coco que é nativo do Sri Lanka. Em Mirissa é possível encontrar tours para observar as baleias de dezembro a abril. Já em Unawatuna, você poderá visitar santuários de tartarugas marinhas, e ainda pode ter a experiência de ajudar a colocá-las de volta ao mar.     

PC310149_Selection Unawatuna_beach_Sri_Lanka_JPG

 

A influência budista em Kandy

Parte do Triângulo Cultural do Sri Lanka, Kandy é a capital cultural do país. A cidade é a última capital dos reis do Sri Lanka e hoje tem status de Patrimônio Mundial.

Kandy abriga o Tooth Relic Temple, que atrai visitantes e peregrinos do mundo inteiro. O templo é o local de adoração budista mais sagrado no Sri Lanka, pois lá está guardada a relíquia budista mais importante da ilha: o dente do Buda. 

A história conta que o dente chegou ao Sri Lanka após Buda morrer e ser cremado na Índia. Suas cinzas e restos mortais foram divididos em 8 partes e distribuídos entre 8 reinos, sendo o Sri Lanka um deles. Após passar por diversos lugares do país, o dente foi transferido em 1592 para Kandy, onde permanece até hoje.

Kandy_Lake_Sri_Lanka.jpg
Kandy_Lake_Sri_Lanka.jpg

Em frente ao Tooth Relic Temple está o Lago de Kandy, onde é possível caminhar e apreciar a vida na cidade, vendo as pessoas entrarem e saírem do templo.

Outro ponto a ser visitado é a Bahiravokanda Vihara Buddha Statue, uma estátua de Buda com mais de 20 metros de altura que pode ser vista de quase todos os lugares de Kandy, e que ainda oferece uma vista panorâmica da cidade.             

Bahiravokanda_Statue_Kandy_Sri_Lanka.jpg

 

Curtir um chá no clima ameno das montanhas

Nas montanhas, temperaturas mais amenas, plantações de chá e uma viagem ao passado te aguardam. O Sri Lanka é um dos maiores produtores de chá do mundo, sempre aparecendo na lista dos top 5. Ao visitar o país, você pode fazer um passeio pelas plantações de chá e ajudar na colheita do mesmo.

Nuwara_Elyia_Sri_Lanka_Tea.jpg
Nuwara_Elyia_Sri_Lanka_Tea.jpg

O lugar mais conhecido para visitar as plantações de chá é Nuwara Eliya. Se você estiver em Kandy, pode aproveitar para ir até lá de trem, em uma das rotas mais deslumbrantes do mundo. Para se hospedar, você pode escolher um dos hotéis da era colonial e viajar um pouco no tempo.

Próximo à Nuwara Eliya está Ella, para os amantes de trilhas e cachoeiras. As principais opções são Ella Rock, que proporciona vistas épicas em aproximadamente 4 horas de caminhada, Little Adam’s Peak, uma caminhada mais rápida e tranquila, e Ravanna Falls, que tem um charme especial depois de alguns dias de chuva.  

Train_Ella_Sri_Lanka.jpg
Ella_Waterfall_Sri_Lanka.jpg

Koggala Lake

O Lago Koggala é um refúgio em meio à natureza. Vá até lá se quiser um pouco de silêncio e paz para relaxar.

Ao fazer um passeio de barco por suas águas, você poderá visitar a Cinnamon Island e ir até a casa de um cultivador de canela. Lá ele te explicará como funciona o processo para obtenção da canela que encontramos no mercado, desde a extração até a moedura.

Para saber mais sobre onde se hospedar no lago Koggala, leia aqui.

Lago_Koggala_Sri_Lanka.jpg

 

Explorando a capital, Colombo

Em Colombo, capital do país, está localizado o aeroporto internacional do Sri Lanka e é por lá que você provavelmente chegará. A cidade é uma grande metrópole e, assim como outras ao redor do mundo, conta com um trânsito intenso e uma vida acelerada.

Se você tem algum tempo na cidade, pode aproveitar para visitar uma área à beira do Oceano Índico, chamada Galle Face Green, que é um ótimo lugar para uma leve caminhada (dependendo do calor) e para assistir ao pôr do sol.

Na capital também está localizado o templo budista Seema Malaka, um templo para meditação no meio do lago Beira. O templo original afundou nas águas na década de 70, mas a reconstrução merece uma visita. 

Além disso, a capital do Sri Lanka oferece outras opções, como as inúmeras mesquitas que a cidade exibe, incluindo a Mesquita Vermelha. 

Colombo_Seema_Melaka_Sri_Lanka.jpg

 

Os sabores do país

E a culinária local? Arroz, curry e sambal (molho picante muito popular na Ásia) estão presentes em cada refeição. Os pratos são apimentados e extremamente deliciosos, mas opções vegetarianas e ocidentais também podem ser encontradas no Sri Lanka.

 

Mirissa_Sri_Lanka.jpg

E o que mais o Sri Lanka oferece?

Se você quiser entrar mais em contato com a natureza, não deixe de visitar os parques nacionais de Uda Walawe e Yala West, para ver leopardos e elefantes.

 

Informações Práticas para visitar o sri lanka

Visto: brasileiros precisam de visto e comprovante internacional da vacina de febre amarela para entrar no país. O visto pode ser obtido aqui.

Moeda: rupia do Sri Lanka (LKR). É sempre bom andar com dinheiro em espécie no país, já que cartões de crédito não são aceitos em determinados lugares.

Idioma: cingalês e tâmil são os idiomas oficiais do país, mas muitos conseguem se comunicar em inglês.

Transporte: As curtas distâncias podem ser cobertas por ônibus e/ou tuk tuk. As distâncias maiores podem ser feitas de trem, ônibus ou carro particular.

Galle_Sri_Lanka.jpg
Galle_Sri_Lanka.jpg

 

Quem está com vontade de visitar o Sri Lanka? Espero que tenham gostado e até a próxima.

 

pinterest-sri-lanka-galle-pt.png